Notícias

Trip To Origin Matas de Minas visita cooperado Coocafé


Como uma extensão à SIC (Semana Internacional do Café), a Trip To Origin Matas de Minas, visitou nesta segunda (12) a propriedade do cooperado e conselheiro administrativo da Coocafé, José Mário Ferreira Huebra. A comitiva era composta por torrefadores e compradores de café de países da América, Europa e Ásia e também por colaboradores do Sebrae MG e integrantes do Conselho das Entidades do Café das Matas de Minas, Café Editora e Aliança Internacional das Mulheres do Café – IWCA.

Ao chegarem na propriedade, foram recepcionados por colaboradores e diretores da cooperativa, sendo apresentado a eles pelo Presidente, Fernando Cerqueira, a parte institucional da Coocafé, com tradução simultânea. Na sequência, os visitantes foram convidados a conhecerem a lavoura do cooperado José Mário, e ao retornarem, participaram de um momento de degustação direcionado pelo Q-grader Silas Carlos, onde puderam experimentar alguns tipos de café existentes na região.

E em uma entrevista coletiva ao Alvorada Sertaneja Coocafé, a Analista do Sebrae, Ereni Emerick pontuou o objetivo dessa iniciativa: “esse trabalho faz parte do Projeto Agronegócio Café das Matas de Minas, que tem como objetivo promover os cafés das Matas de Minas, através de visitas e ações que possam fortalecer cada vez mais a nossa cafeicultura regional”. Um dos compradores, o polonês, Piotr Kotarba, frisou “não é a primeira vez que venho ao Brasil, mas sim a primeira vez que venho à região das Matas de Minas, gostei muito de fazer essa visita e pude ver que é uma região que está tomando mais e mais importância”. José Mário pôde agradecer pela oportunidade e destacou o quanto sua família se sentiu feliz em receber essa visita. E Fernando encerrou dizendo: “a Coocafé, junto com o Sebrae, Senar, com a Entidade das Matas de Minas e com todos aqueles que quiserem somar, nós trabalhamos a organização dessa região, levando informação ao produtor, levando assistência técnica, levando opções de comercialização tanto do presente quanto do futuro, oferecendo sistema de armazenamento, levando financiamentos e troca de insumos para esses produtores, enfim, nós permitimos que através do somatório de pequenos nós nos tornemos grandes, é isso que a cooperativa faz”.

Após, todos se confraternizaram de um almoço onde o cooperado e sua esposa e filhos puderam contar um pouquinho da história da família, do envolvimento com o café e com a cooperativa.


Voltar Imprimir

Como ser sócio?

Clique no botão ao lado e veja como é fácil tornar-se um sócio da Coocafé

Newsletter