Notícias

Safra 2020: Coocafé investe na ampliação dos armazéns gerais


Para o cafeicultor, o melhor momento de vender sua produção é quando o mercado oferece um preço bom. Sabendo da volatilidade deste mercado, nem sempre após a colheita será a melhor hora de comercializar. Por isso, armazenar o café na cooperativa é muito importante. Além da segurança – café assegurado desde que a nota fiscal de envio é assinada na propriedade -, o extrato do cooperado é que manda na hora de comercializar, mesmo que essa decisão demore anos para ser tomada.

Em 2018, uma super safra foi vivenciada em nossa região (Matas de Minas e Montanhas do Espírito Santo), o que ocasionou bastante congestionamento nos armazéns gerais da cooperativa. Devido a essa demanda, na última Assembleia Geral Ordinária, realizada em março do ano passado, a Coocafé firmou o compromisso de investir na ampliação dos armazéns.

Graças à bienalidade do café, a safra desse ano (2020) gera grande expectativa  de uma colheita elevada e com boa qualidade. E para isso, a Coocafé está se preparando. Pensando em melhorar ainda mais a prestação de serviços para os cooperados e parceiros, a Coocafé está investindo na ampliação de seus armazéns gerais. Essa ampliação deixará disponível mais cinco mil metros quadrados para o armazenamento dos cafés.

Essa também é uma ação preventiva em um cenário de pandemia, pois dará mais agilidade para os cooperados, evitando aglomerações e maiores contatos. 

Durante entrevista à assessoria de comunicação da Coocafé, o diretor presidente, Fernando Cerqueira falou sobre esse investimento; o gerente de operações, Jonas Palermo, também falou sobre como facilitar o processo de carga e descarga dos cafés.

Confira a entrevista completa:

Voltar Imprimir

Como ser sócio?

Clique no botão ao lado e veja como é fácil tornar-se um sócio da Coocafé

Newsletter