Notícias

Dica ao pecuarista – Cuidados durante a transição entre o período seco e chuvoso


Nessa fase de transição entre o período seco e chuvoso (outubro e dezembro), temos chuva, calor e umidade alta, tornando assim o ambiente favorável a proliferação de verminoses, carrapatos e moscas.

A mosca mais comum em nossa região é a mosca-do-chifre, e outra espécie que tem surpreendido os pecuaristas é a mosca do estábulo também conhecida como mosca da palha de café. As duas espécies têm o hábito de se alimentarem do sangue dos animais, causando assim uma inquietação muito grande, onde não conseguem se alimentar direito e ficam o dia todo tentando se livrar delas. Esse desconforto pode trazer prejuízos, em gado de corte por exemplo eles podem deixar de ganhar até 40kg durante o ano e o gado de leite durante a lactação pode deixar de produzir até 150 litros de leite.

Como forma de prevenção e cuidados nessa época, o médico veterinário da Coocafé, Valdean Lourenço pontuou algumas dicas: “Indicamos sempre aos pecuaristas que tracem estratégias de controle, pois esse é o momento ideal para vermifugar todo rebanho e tomar medidas preventivas contra os carrapatos onde a incidência aumenta muito a partir desse mês, quando podemos ter chuva e umidade, favorecendo muito a proliferação. As moscas-do-chifre e do estábulo se desenvolvem principalmente das fezes e matérias orgânicas, por isso a primeira ação para controle seria limpeza e desinfetação das instalações e áreas ao redor do ambiente, onde são trabalhados os animais. E a segunda ação seria através de pulverizações, uso de pour on (carrapaticida) e brinco mosquicidas.”

Para mais informações procure uma de nossas unidades.

 

Voltar Imprimir

Como ser sócio?

Clique no botão ao lado e veja como é fácil tornar-se um sócio da Coocafé

Newsletter