Notícias

Coocafé e Syngenta realizam encerramento do Projeto Escola no Campo 2015


Em época em que o desequilíbrio ambiental tem afetado o país e o mundo, trabalhar a sustentabilidade é fundamental, principalmente quando se trata do futuro da nação: as crianças. Através do Projeto Escola no Campo, há 15 anos a Coocafé e a Syngenta, em parceria com a Fundação Abrinq, tem conscientizado alunos de toda a região. São cerca de 50 escolas por ano, espalhadas por toda a região. Ao todo, já foram mais de 10.000 alunos trabalhados ao longo de todos estes anos. foto 2 Em 2015, os professores participaram de uma reunião de lançamento do projeto em setembro, onde houve apresentações das empresas e distribuição dos materiais. Nos meses seguintes, estes professores trabalharam o material com os alunos, incentivando e ensinando quanto ao uso correto de agroquímicos, além de conscientizá-los sobre os cuidados com o meio ambiente. E no dia 16/12, para marcar o encerramento deste belo trabalho, as equipes da Coocafé e da Syngenta reuniram no ginásio poliesportivo de Lajinha-MG centenas de alunos e dezenas professores, secretários, diretores e supervisores de escolas públicas e privadas, que desfrutaram de uma tarde de lazer e muita diversão. foto 1 Participar do projeto e da culminância já traz alegria e grande conhecimento aos alunos, como destacaram as professoras participantes, mas o encerramento em si dá um toque ainda mais especial ao trabalho. A partir das 13h a ansiedade por saber quem ganharia o prêmio já tomava conta do espaço. Depois de muitas brincadeiras e diversões, representantes da Coocafé e da Syngenta convidaram os alunos e professores a se voltarem para o palco, onde seria feita a entrega dos prêmios. Antes do anúncio dos vencedores, o aluno Renan Santana, da Escola Municipal José Cândido Ferreira, de Mutum/MG, fez uma oração e em seguida alguns membros da Diretoria e Conselho Administrativo da Coocafé subiram ao palco para divulgarem os três alunos que levariam os prêmios para a casa. foto 3 Os diretores Administrativo Financeiro e de Produção e Comercialização da Coocafé, João Batista Bartoli de Noronha e Pedro Antônio Silva Araújo, respectivamente, fizeram questão de elogiar a participação dos alunos e professores nesses 15 anos de projeto. Eles destacaram ainda a importância que o Escola no Campo tem para a cooperativa, para as escolas, para sociedade e, principalmente, para o meio ambiente. foto 6 A Engenheira Agrônoma Isabel Cristina Dias (Syngenta / Coocafé) também agradeceu pela participação no projeto e disse estar muito feliz em ver que os alunos se empenharam para fazer o projeto acontecer, mais uma vez, com muito sucesso. Na sequência, foi realizada a entrega do prêmio de 3º lugar, um celular, para a aluna Ádamy Amorim de Araújo, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiz Moisés Heringer, de Iúna-ES. Em 2º Lugar ficou o aluno Kaik Cardoso, da Escola Municipal Comendador Leite, de Lajinha-MG que levou para casa um smartphone. Já em 1º Lugar, ficou a aluna Cecília Eduarda Morais Guimarães Moreira com um belo desenho e os seguintes dizeres: “Cuide, preserve e ame porque a natureza é que nos salva e nos alimenta. E não é só isso, ela também é linda! Então venha comigo e faça sua parte”. A aluna levou uma linda bicicleta para a casa, a Escola Estadual São Vicente de Paulo (Manhuaçu/MG) foi premiada com um computador e o professor premiado levou para casa um tablet para auxiliar na preparação de suas aulas. Finalizando a tarde de grandes emoções e muita diversão todos participaram de um delicioso lanche. foto 7  
Voltar Imprimir

Como ser sócio?

Clique no botão ao lado e veja como é fácil tornar-se um sócio da Coocafé

Newsletter