Notícias

Com grande participação de alunos e professores, Coocafé e Syngenta realizam encerramento do Projeto Escola no Campo 2016


“O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente (Ghandi)”. Assim podemos descrever o trabalho realizado em dezenas de escolas da região de atuação da Coocafé, em parceria com a Syngenta e Fundação Abrinq, através do Projeto Escola no Campo.

Há 16 anos a disseminação de conhecimentos ambientais tem sido levada a milhares de alunos. São cerca de 50 escolas por ano, espalhadas por toda a região. Ao todo, já foram mais de 11.000 alunos trabalhados ao longo de todos estes anos.

Nesse ano de 2016, o lançamento do projeto ocorreu em maio, onde houve apresentações das empresas e um treinamento para elaboração de planos de ação. Nos meses seguintes, estes professores trabalharam o material com os alunos, incentivando e ensinando quanto ao uso correto de agroquímicos, além de conscientizá-los sobre os cuidados com o meio ambiente. E no dia 23/09, para marcar o encerramento deste belo trabalho, as equipes da Coocafé e da Syngenta reuniram no ginásio poliesportivo de Lajinha-MG centenas de alunos e dezenas professores, secretários, diretores e supervisores de escolas públicas e privadas, que desfrutaram de uma tarde de lazer e muita diversão.

Além de muita alegria e distração, a tarde foi também de aprendizado e emoções. A Polícia Militar do Meio Ambiente de Manhuaçu/MG atraiu a atenção da criançada ao falar sobre cuidados com o meio ambiente e apresentar a jiboia Celeste. O Coral Vozes do Futuro também fez uma bela apresentação e contagiou todos os participantes.  Depois de muitas brincadeiras e diversões, a ansiedade por descobrir quem seriam os vencedores já tomava conta do espaço, os representantes da Coocafé e da Syngenta convidaram os alunos e professores a se voltarem para o palco, onde seria feita a entrega dos prêmios. E antes do anúncio dos vencedores, todos os alunos foram convidados a fazerem juntos a oração universal “Pai Nosso” e em seguida alguns membros da Diretoria e Conselho Administrativo da Coocafé subiram ao palco para divulgarem os três alunos que levariam os prêmios para a casa. O diretor de Produção e Comercialização da Coocafé, Pedro Antônio Silva Araújo, fez questão de elogiar a participação dos alunos e professores nesses 16 anos de projeto. Os integrantes do Conselho de Administraram também usaram da palavra para agradecer o empenho dos alunos e professores para fazer o projeto acontecer e mais uma vez encerrar com grande sucesso. Eles destacaram ainda a importância que o Escola no Campo tem para a cooperativa, para as escolas, para sociedade e, principalmente, para o meio ambiente.

A Engenheira Agrônoma Isabel Cristina Dias (Syngenta / Coocafé) também agradeceu pela participação no projeto. Na sequência, foi realizada a entrega do prêmio de 3º lugar, um tablet, para a aluna Sulaimi Alcântara Amorim, da Escola Municipal Cachoeira Alegre, de Ibatiba/ES. Em 2º Lugar ficou a aluna Kariny Gabriely da Silva Oliveira Bernardes, da Escola Municipal Comendador Leite, de Lajinha/MG que levou para casa um smartphone. Já em 1º Lugar, ficou o aluno Murilo Apolinário Frizzera com um belo desenho e os seguintes dizeres: “Quando cuidamos da natureza, garantimos um amanhã melhor para as gerações”. O aluno levou uma linda bicicleta para a casa, a Escola Estadual Lina Maria do Carmo (Mutum/MG) foi premiada com um computador e o professor premiado levou para casa um tablet para auxiliar na preparação de suas aulas.

Finalizando a tarde de grandes emoções e muita diversão, todos participaram de um delicioso lanche e receberam ainda uma linda caneca como lembrança pela participação no projeto e também como forma de economizar copos descartáveis ajudando ainda mais nosso planeta.

 

Voltar Imprimir

Como ser sócio?

Clique no botão ao lado e veja como é fácil tornar-se um sócio da Coocafé

Newsletter