Diferencial Coocafé

Responsabilidade e determinação gerem a Diretoria da Coocafé. Assim, seus cooperados cercam-se de tranquilidade por fazerem parte de uma estrutura profissional, que busca aprimoramento e alta qualidade a todo tempo.

A Coocafé trabalha com transparência e rastreabilidade nos processos de armazenagem e comercialização, por meio de um eficiente sistema de informática. A cooperativa possui profissionais qualificados, além de uma equipe técnica que presta toda a assistência aos associados.

Participando efetivamente do progresso das regiões nas quais atua, a Coocafé se orgulha de ser uma empresa correta, desenvolvendo cada vez mais projetos de cunho social, arcando com suas obrigações tributárias e guiando-se pela ética em todas as suas ações.

O produtor cooperado à Coocafé é beneficiado, juntamente com sua família, assim como ajuda a promover crescimento em sua comunidade.

Além disso, a cooperativa ainda te dá 10 MOTIVOS para se tornar um cooperado Coocafé. Confira:

1 - Ao se tornar um cooperado automaticamente o produtor passa a ser dono da COOCAFÉ.

2 - E como dono, o cooperado tem direito de participar das Assembleias, votar e ser votado e decidir os rumos da Coocafé e o que fazer com as sobras (resultados) do exercício do ano anterior. Os sócios sempre votaram para que as sobras fossem revertidas em crédito para aquisição de insumos nas lojas, incorporação ao capital social, ambos proporcionais ao movimento na Coocafé, além de investimentos na cooperativa e subsídio de sacaria.

3 - O cooperado Coocafé dispõe de 11 unidades comerciais (Lajinha, Durandé, Mutum, Manhuaçu, Ipanema, Manhumirim e Espera Feliz, em Minas Gerais, e Iúna, Irupi, Ibatiba e Brejetuba, no Espírito Santo), onde é possível encontrar todos os insumos agropecuários necessários para uma boa produção.

4 - Além das Unidades Comerciais, a Coocafé conta com ainda 2 unidades Armazenadoras (Lajinha/MG e Irupi/ES), com maquinário moderno e capacidade para armazenar 460 mil sacas estáticas, de forma segura e com qualidade.

5 - A Coocafé possui uma equipe técnica com mais de 60 profissionais, preparados para assistir os cooperados em suas propriedades, gratuitamente, bem como degustadores de café especializados, para mostrar ao produtor a real qualidade de seu café.

6  - Na Coocafé, o cooperado conta com todo apoio para comercializar seu café, com garantia de preços competitivos e recebimentos. Além das opções de mercado nacional ou internacional.

7 - O cooperado Coocafé tem a possibilidade de comercializar seu café através da certificação Fairtrade que além de um preço mínimo pelo café, também garante um prêmio a ser aplicado em benefício de sua comunidade. Até hoje, já foram retornados cerca de 15 milhões de reais.

8 - Na Coocafé, o cooperado conta com vários incentivos para produzir café de qualidade e comercializar com a cooperativa. Todos os anos, desde 2007, é realizado o concurso Coocafé de qualidade regional, que possui uma premiação de 50 mil reais. Ao final do concurso uma festa de premiação é realizada, com 20 finalistas e suas respectivas famílias.

9 - Ao se associar à Coocafé e entrar para o cooperativismo, o produtor rural passa a pertencer a um dos sistemas que mais crescem no mundo. A participação do cooperativismo no PIB nacional é cada vez maior.

10 -  Além de contribuir para o seu próprio desenvolvimento econômico e de toda a região, o cooperado Coocafé contribui ainda para o desenvolvimento socioambiental de sua comunidade. Todos os anos, a Coocafé investe milhares de reais em projetos sociais e ambientais que atingem os mais diversos públicos: crianças, jovens, mulheres, produtores rurais e a comunidade em geral. Através do recolhimento e contribuição de impostos, a Coocafé também ajuda a promover o progresso das regiões em que está inserida.

SABE COMO SE TORNAR UM COOPERADO COOCAFÉ?

Podem fazer parte da cooperativa pessoas físicas ou jurídicas que se dediquem à cultura de café ou a outras atividades de origem animal, vegetal ou mineral, ou que tenham vínculo com alguma propriedade, seja em forma de escritura ou de contratos (comodatário, arrendatários ou de parceria agrícola).

O produtor que pretende se associar à cooperativa deve: - encaminhar-se a uma das filiais da cooperativa e apresentar os documentos necessários* - subscrever e integralizar no capital o valor de R$ 200,00, conforme ficou decidido na AGE do dia 04/07/2009.

A partir do momento em que o produtor se torna um cooperado Coocafé, ele passa a usufruir de inúmeros benefícios.

QUANDO O PRODUTOR DEIXA DE SER UM COOPERADO COOCAFÉ

Quando o produtor rural deixa de ser um cooperado Coocafé, ele recebe de volta o valor integralizado (R$ 200,00), acrescido do que foi incorporado ao capital na destinação de sobras, de acordo com os critérios votados nas assembleias, durante o período em que ele foi um cooperado.  

Como ser sócio?

Clique no botão ao lado e veja como é fácil tornar-se um sócio da Coocafé

Newsletter